| | Comments: (2)

Aconteceu a Expovinis 2010

Tive o prazer de visitar a Expovinis 2010, que aconteceu de 27/04 a 29/04/10 e mais uma vez fiquei muito feliz, é um evento grandioso. Pude provar "bons vinhos" e me surpreendi; realmente bons goles, repetindo o que aconteceu nas edições anteriores. A surpresa ficou por conta dos vinhos da Bolívia e da Grécia, afinal, nunca tinha experimentado. É realmente uma grande oportunidade de provar vinhos que não estão ao nosso alcance no dia a dia.

Vale salientar a escolha do local (Expo Center Norte) para a realização do evento, nota 10.

Para saber mais sobre o que aconteceu neste grande evento, acesse: www.expovinis.com.br

Que venha a Expovinis 2011!!!
| | Comments: (0)

Aumenta o consumo de Vinho Nacional

O vinhos finos nacionais estão em alta e ganharam mercado sobre os importados. O consumo de vinhos tintos finos (feitos de uvas viníferas, de melhor qualidade) produzidos em solo nacional cresceu 14,6% em 2009, ante uma alta de apenas 2% do produto do exterior.

Fonte - Folha de São Paulo - 26/04/10
| | Comments: (0)

EIVIN

O empresário Márcio Marson, da vinícola Marson, montou em São Paulo uma distribuidora exclusiva de vinhos brasileiros, a EIVIN; com a finalidade de dar suporte às pequenas butiques
(com produção média inferior a 100 mil litros por ano).
O catálogo já conta com 12 vinícolas e 200 rótulos.

Para saber mais, acesse: www.eivin.com.br

Fonte - Folha de São Paulo - 26/04/10
| | Comments: (2)

Mandioquinha com bacalhau

Bem, esta é a minha primeira dica de comidinha rápida, fácil de fazer e deliciosa.

Bater no liquidificador até formar um creme 240g de bacalhau desfiado (dessalgado e cozido), um dente de alho picado, uma colher de sopa de salsinha, também picada, junto com azeite extra virgem de oliva, aliche mais temperos a gosto; gratinar no forno por 08 minutos e servir com purê de mandioquinha, pulverizando tudo com queijo parmesão Reggiano.

Nota - Fiz este prato e adorei, para acompanhar experimente uma taça de PKNT Merlot, casamento perfeito.

Obs: Quando fiz o prato, não usei o aliche e referente ao queijo, escolha a sua marca preferida.

Para saber mais sobre este vinho, acesse a opção "bom e barato" do blog.

Fonte - Livro Prazeres Frugais: Avental / Joyce Pascowitch
| | Comments: (0)

Aurora Reserva



Vinho Aurora Reserva
Região
- Bento Gonçalves - Brasil
Vinícola - Aurora
Safra - 2008
Uva - Cabernet Sauvignon (encontra-se com outras variedades de uvas)
Tipo - Tinto
Onde encontrar - Grandes redes de supermercados
Preço Médio - R$21,00

Este é um vinho 100% Cabernet Sauvignon, com passagem por barricas de carvalho americano e francês, produzido na tradicional vinícola Aurora.
É um vinho frutado, com traços de baunilha, cacau e frutas vermelhas.

*Bebi e me surpreendi; acompanha muito bem carnes assadas, queijos de sabor acentuado, massas com molho vermelho.

Foto - vinicolaaurora.com.br


| | Comments: (3)

PKNT Merlot 2007



PKNT Merlot
Região - Valle Central - Chile
Vinícola - Terraustral
Safra - 2007
Uva - Merlot (encontra-se com outras variedades de uvas)
Tipo - Tinto
Onde encontrar - Grandes redes de supermercados
Preço Médio - R$20,00

PKNT (picante ) um vinho cheio de ousadia que representa o melhor do Chile, uma terra cheia de aventuras. Provindo de um trabalho intenso que começou a mais de um século pela família Crispi.
Sinta na boca seu grande poder, o sabor voluptuoso, suave e sedutor. Remanescente de uma paixão picante com muita ousadia.
Sem contar que a rolha é linda, vermelha e com desenho de pimenta.

Nota - Bebi e me senti seduzida; acompanha muito bem queijos, carnes brancas, massas com molhos suaves.

Foto - paodeacucar.com.br

Para saber mais sobre este vinho, acesse: www.pknt.com
| | Comments: (2)

Os aromas



Nos aromas se encontra o grande charme do vinho. Gire-o na taça, libere a imaginação e inspire.
Os aromas evoluirão à medida que você o aprecia, pois, as substâncias aromáticas se valorizam em tempos diferentes.
Algumas rapidamente, outras demoram mais. É interessante guardar um pouco de bebida na taça por algumas horas para acompanhar a evolução dos aromas.
Procure associar os aromas a coisas que você conhece ( flores, frutas, especiarias, minerais ) e ficará muito mais fácil reconhecê-los e recordá-los.

Flores - Margarida, jasmim, violeta, rosas...

Frutas secas - Noz, avelã, figo, castanha, ameixa, uva passa...

Frutas frescas - Limão, amora, cereja, cassis, mirtilo, abacaxi, banana, damasco, maracujá...

Vegetais - Capim fresco, tabaco, louro...

Especiarias - Anis-estrelado, canela, pimenta, noz-moscada...

Animais - Couro, pelica, caça...

Diversos - Café, torrada, baunilha, cacau, trufa, caramelo...


Fonte - Coleção Vinhos do Mundo / Livro 5
Editora Abril / Publicação Veja

Foto - Revista Adega







| | Comments: (2)

Terranova Late Harvest

Terranova Late Harvest
Região - Vale do São Francisco - Brasil
Safra - 2005
Uva - Moscatel
Tipo - Sobremesa
Vinícola - Miolo
Onde encontrar
- Empório Frei Caneca
Quanto - R$24,15 ( garrafas de 375ml )

Este é um vinho elaborado na fazenda Ouro Verde no Vale do São Francisco a partir de uvas moscatéis de colheita tardia e envelhecido por 12 meses em barricas de carvalho. Esta região caracteriza-se por grande influência do Sol, próprio para o cultivo desta casta.
Estas condições estão refletidas neste vinho que traduz em seus descritores a exuberância deste clima tropical.

Nota
- Bebi e fiquei encantada; acompanhou muito bem um bolo de páscoa de gotas de chocolate e doce de leite.


| | Comments: (0)

Consumo de vinho diminui mortalidade


Baseado na dieta mediterrânea:

1 - Consumo moderado de vinho.
2 - Baixo consumo de carne vermelha.
3 - Alto consumo de vegetais.
4 - Alto consumo de frutas e nozes.
5 - Alto consumo de gorduras monoinsaturadas.
6 - Alto consumo de cereais.
7 - Alto consumo de legumes.
8 - Baixo consumo de laticínios.

O consumo moderado e regular de vinho tinto foi o ítem que mais contribuiu para reduzir a mortalidade em comparação com outros 07 ítens da dieta mediterrânea.
Os efeitos benéficos do vinho se devem ao álcool em si e a presença dos flavonóides da uva.
Pesquisas comprovam que o álcool aumenta o HDL, chamado o bom colesterol.
Os flavonóides, por sua vez, têm forte ação antioxidante, capaz de proteger as artérias.
Além disso, a bebida promove a elasticidade dos vasos.
Mais os especialistas concordam que os benefícios observados só ocorrem dentro de um contexto que leve em conta uma dieta adequada, com alimentação saudável, atividade física e controle do estresse.
É por isso que se fala em estilo de vida mediterrâneo; sabe-se que além de ter um padrão de alimentação mais saudável, os povos mediterrâneos costumam praticar mais atividade física.
Finalizando, a única coisa capaz de reduzir a mortalidade na população é a mudança de hábitos de vida.

Fonte - Folha de São Paulo

Foto - Revista Adega
| | Comments: (0)

Miolo Reserva


Vinho Miolo Reserva
Região - Vale dos Vinhedos - Brasil
Safra - 2007
Uva - Cabernet Sauvignon (encontra-se com outras variedades de uvas)
Tipo - Tinto
Onde encontrar - Grandes redes de supermercados
Preço médio - R$28,00

Este é um vinho elaborado com uvas selecionadas cuidadosamente em vinhedos da família Miolo e envelhecido em barricas de carvalho por aproximadamente 01 ano.

Nota - Bebi e achei ótimo; acompanha muito bem carnes vermelhas, massas, pizza. É um vinho para se beber no dia a dia.

Foto - vinhos&vinhos.com
| | Comments: (0)

Atlas Mundial do Vinho

Esta é a minha primeira indicação, ganhei este livro de presente e o considero a BÍBLIA DO VINHO, não estou lendo-o, estou degustando-o, para que eu possa extrair dele muita coisa que ainda não sei sobre o maravilhoso mundo de Baco.

Livro - Atlas Mundial do Vinho ( já na sexta edição )
Autores - Hugh Johnson e Jancis Robinson
Editora - Nova Fronteira
| | Comments: (0)

Cuidados na hora da compra

1 - Observe se a garrafa está bem cheia. Um espaço livre muito grande entre a rolha e o líquido indica que houve vazamento.

2 - Prefira garrafas que estejam deitadas, nelas o liquido ficou sempre em contato com a rolha.

3 - Verifique o estado de conservação da cápsula e da rolha, a cortiça não pode está saltada.

4 - Cheque a cor do vinho, principalmente os brancos - uma cor amarelo escura pode indicar oxidação; se for âmbar evite a compra.
Um tinto muito novo de cor alaranjada - uma característica de rótulos mais envelhecidos - também pode apresentar problemas.

5 - Fique atento às safras. Tintos mais básicos do Novo Mundo, assim como os frutados rosés e grande parte dos brancos devem ser bebidos jovens, em no máximo três anos.

6 - Cuidado com as liquidações. Faça um check-list de todos os pontos anteriores antes de torrar seu dinheiro com as atraentes queimas de estoques de importadoras e supermercados.
As mesmas não devem ser ignoradas, pois, há sempre boas opções para incrementar sua adega. Muitas vezes, porém, são desovados vinhos que estão no limite de sua vida útil.

Fonte - Coleção Vinhos do Mundo / Livro 2
Editora Abril / Publicação Veja
| | Comments: (0)

Fatores que definem o " Bom Vinho "

1 - O que melhor se adapta ao seu gosto pessoal ( ao longo do tempo se desenvolve este gosto ).

2 - O que melhor se adapta ao seu poder aquisitivo ( o importante é encontrar uma boa relação custo x qualidade ).

3 - O que melhor se adapta a ocasião em que será consumido ( temperatura ambiente, companhia, prato...etc ).

Desenvolva seu gosto, eleja seu "vinho bom" e compartilhe-o com seus amigos.


Fonte - Coleção Vinhos do Mundo / Livro 1
Editora Abril / Publicação Veja
| | Comments: (5)

Rosés









Os vinhos rosés devem ser degustados jovens, preferencialmente com 1 ou 2 anos.








| | Comments: (0)

Viña Amalia Cabernet Sauvignon Rosé 2008




Um rosado sedutor, brilhante. No nariz expressa intensamente frutas vermelhas e notas carameladas. É fresco, vivaz e de boa acidez.
Ideal para acompanhar comidas leves como peixes e saladas.

Nota - Bebi e adorei. Valeu pela escolha.

Mais informações:

País - Argentina
Região - San Carlos - Mendoza
Onde encontrar - Maison des Caves ( Shopping Pátio Paulista )
Quanto - R$45,00
| | Comments: (1)

Moscatel de Setúbal


CONHEÇA ESTE FORTIFICADO PORTUGUÊS QUE PODE SER SERVIDO COMO APERITIVO OU ENCERRAR UMA ESPLÊNDIDA REFEIÇÃO.

Doce, agradável, o Moscatel de Setúbal é um vinho generoso produzido na Peninsula de Setúbal, no sudoeste de Portugal. É fruto das uvas Moscatel de Setúbal, Boal e Malvasia, muito maduras.
Quando chegam à adega são analisadas, para os enólogos avaliarem a quantidade de açúcar natural e qual o grau provável de álcool teriam. Dessa maneira, é definido o momento ideal para a adição da aguardente vínica. A fermentação será interrompida quando a quantidade de açúcar residual for de aproximadamente 90 gramas por litro. Com o acréscimo da aguardente, o vinho final terá um teor de álcool de 18%.
Feito isso, o Moscatel vai envelhecer em tonéis de madeira usada. Por uma razão simples: o que interessa ao produtor é a oxidação resultante do estágio e não o aroma da madeira.
O Moscatel de Setúbal jovem vai bem resfriado, como aperitivo. Quando mais velho, torna-se um vinho aromático, complexo.
Servido à temperatura ambiente, completa maravilhosamente bem uma refeição ou pode ser apreciado sozinho.

Fonte - Coleção Vinhos do Mundo / Livro 10
Editora Abril / Publicação Veja
Foto - Coleção Vinhos do Mundo

Onde encontrar - Importadora Expand ( www.expand.com.br )

Nota - Bebi e achei maravilhoso. Acompanha também (e muito bem )
qualquer sobremesa.
| | Comments: (0)

Vinhos Fortificados

Vinhos com 15% de álcool ou mais, usualmente são feitos adicionando-se conhaque ou álcool. Fortificam-se certos vinhos com mais álcool para ajudá-los a viajar bem.
Há duzentos, trezentos anos, ninguém gostava muito do vinho do porto, tido como um tinto bruto do vale do Douro. A adição de conhaque ao vinho em fermentação para interromper o processo (as leveduras não conseguem sobreviver quando o teor de álcool é muito alto ) tornou o vinho alcoólico e deliciosamente doce - e assim ele ficou.
O xerez é diferente: aqui o conhaque é adicionado após o término da fermentação, de modo que o vinho é seco. No barril, o xerez desenvolve uma camada de levedura chamada flor, responsável pelo seu sabor pungente, quase azedo, típico. O xerez doce é adoçado antes do engarrafamento.


Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno - Oz Clarke
| | Comments: (0)

Carvalho


Os vinhos fermentados ou amadurecidos em barris de carvalho, adquirem sabores caracterìsticos do carvalho das aduelas de madeira, particularmente se o vinhateiro usar barris novos, pequenos, chamados de barricas. Muitos dos melhores tintos e brancos do mundo são fermentados ou amadurecidos em carvalho, mas, tanques de aço inoxidável ou de concreto, que não afetam o sabor, são preferíveis para os estilos de sabores frescos e ultrafrutados.


Foto - Revista Adega
| | Comments: (4)

Principais Uvas Tintas





1 - BARBERA - Uma tinta italiana petulante, refrescante.
2 - CABERNET SAUVIGNON - A tinta com sabor de groselha, preta por excelência.
3 - GAMAY - A uva tinta suculenta do Beaujolais.
4 - GRENACHE - Morangos maduros e especiarias , frequentemente usada com outras variedades.
5 - MERLOT - Suculenta e com textura de ameixa, parte da composição do clássico Bordeaux tinto.
6 - PINOT NOIR - Caprichosa; na sua melhor forma faz tintos elegantes, sedosos com uma fragrância nostálgica.
7 - PINOTAGE - Corpulenta, do tipo ame ou odeie, da África do Sul.
8 - SANGIOVESE - Principal uva do Chianti; sabor agridoce de frutas vermelhas, de dar água na boca, da Itália.
9 - SYRAH / SHIRAZ - Temperada e calorosa; igualmente á vontade no Vale do Rhône, na França e na Austrália.
10 - TEMPRANILLO - Espanhola, morangos e ameixas.
11 - ZINFANDEL - Variedade de uva da Califórnia, pau para toda a obra, na sua melhor forma como um tinto temperado.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno - Oz Clarke

Foto - Revista Adega
| | Comments: (0)

Pesquisa

O InCor está selecionando homens entre 50 e 75 anos que bebam meia taça de vinho de quatro a cinco vezes por semana e abstêmios, para uma pesquisa sobre os efeitos positivos da bebida no processo de envelhecimento. Quem aceitar ser cobaia do estudo " Confrarias " ganha um check-up cardiológico completo.A intenção do coordenador da pesquisa ( Dr Protásio Lemos da Luz ) é saber se quem bebe vinho com frequência é biologicamente mais jovem.

Fonte - Folha de São Paulo - 11/03/10

OBS - Já foi selecionado o grupo para a pesquisa.
| | Comments: (0)

Vinho e Coração


Foi nas doenças cardíacas onde primeiro se observou os efeitos benéficos da ingestão regular e moderada de bebidas alcoólicas, mormente o vinho.Uma quantidade muito grande de estudos epidemiológicos mostra que a ingestão moderada de bebidas alcoólicas , sobretudo de vinho, diminui as doenças cardíacas e circulatórias e as mortes por estas causas entre 40 e 60%. Já se evidenciaram os seguintes mecanismos para a proteção cardiovascular oferecida pelo consumo moderado de vinho.

1 - Aumento do colesterol HDL, principalmente as frações HDL2 E HDL3 - considerado o bom colesterol, pelas ações benéficas que exerce ao sistema cardiocirculatório. Este aumento é tanto na quantidade quanto na qualidade deste tipo de colesterol, cuja composição é rica em fosfolipidios poli-insaturados, como o ácido Omega 3 - reconhecido pelo seu efeito cardioprotetor.

2 - Diminui o colesterol LDL e sua oxidação - situação inicial do processo de aterosclerose.

3 - Diminui a agregação plaquetária e o fibrinogênio e aumenta a atividade fibrinolítica e antitrombina - todas ações que dificultam a formação de coágulo, que é a causa principal de oclusão de vasos sanguíneos. Fato este que causa infarto de miocárdio, derrame cerebral e gangrenas.

4 - Modifica a camada interna dos vasos sanguíneos - o endotélio, alterando a produção de óxido nítrico e diminuindo outras moléculas de adesão ao endotélio, dificultando dessa maneira a aterosclerose.

5 - Aumento da resistencia e elasticidade da parede vascular.

6 - Dilata os vasos sanguíneos diminuindo a resistencia ao trabalho do coração.


Fonte - Coleção Vinhos do Mundo - Livro 14 ( referências bibliográficas encontram-se no livro de número 16 ).
Editora Abril / Publicação Veja
Foto - Revista Adega
| | Comments: (0)

ANVISA proibe corante que imita vinho

A Anvisa ( Agencia Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu o uso de aromatizantes sintéticos e de corantes em licores, aperitivos e outras bebidas mistas - com graduação alcoólica de até 15% - que podem ser confundidas como vinho. Além da restrição a esses aditivos alimentares, os fabricantes terão de deixar claro nos rótulos de que a bebida não é vinho. " Da forma que estava, essas bebidas induziam o consumidor ao engano " .

Fonte - Folha de São Paulo.
| | Comments: (0)

Principais Uvas Brancas



1 - CHARDONNAY - Pêssegos maduros e torrada; a uva branca clássica internacional.
2 - CHENIN BLANC - A uva branca excêntrica, mineralmente frutada do Vale do Loire.
3 - GEWÜRZTRAMINER - A branca exclusivamente temperada e exótica, na sua melhor forma na Alsácia.
4 - MUSCAT - Vinhos secos e doces que têm sabor de uva.
5 - PINOT GRIS - Neutra na Itália, rica na Alsácia, sempre com um laivo de mel.
6 - RIESLING - A aristocrata metálica das uvas brancas.
7 - SAUVIGNON BLANC - Pungência de groselha e urtiga, igualmente à vontade na Nova Zelândia e no Vale do Loire.
8 - SÉMILLON - Delicadezas brancas secas e douradas cítricas e cerosas de Bordeaux e da Austrália.
9 - VIOGNIER - Suntuosa, sabor de abricó, do Vale do Rhône.


Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno - Oz Clarke
Foto - Revista Adega
| | Comments: (0)

Vinho Chileno

SISMO PODE AFETAR FORNECIMENTO DE VINHO AO BRASIL

As vinícolas do Chile continuam fazendo as contas dos estragos causados pelo terremoto. Os brasileiros, que tem o Chile como o maior fornecedor de vinho, também vêem um cenário incerto a curto prazo. Informações preliminares indicam que as perdas das vinícolas chilenas podem superar US$ 250 milhões já que ao menos 75% da produção do país está nas àreas mais afetadas. As maiores perdas ocorreram nos tanques de inox que racharam e deixaram vazar 125 milhões de litros que estavam em preparação. Outras 100 milhões de garrafas quebraram, segundo a corporação chilena de vinho. Já os barris de carvalho, onde estão os vinhos mais caros, foram os menos afetados. O mercado brasileiro ainda tem estoques para 40 ou 50 dias, mas, pode ter problemas na recomposição desses estoques para o inverno, período de maior consumo no Brasil.

Fonte - Folha de São Paulo - 04/03/2010
| | Comments: (0)

Vinho Benjamin Nieto Senetiner

Esse é o famoso bom e barato!
Por sinal, ganhou nesta categoria na Veja São Paulo.

Região: Mendoza - Argentina
Uvas: Malbec, Shiraz, Tempranillo, Cabernet Sauvignon e Chardonnay
Tipo - Tinto / Branco
Ideal para acompanhar: Pizza, Carnes vermelhas, Massas com molhos suaves, Frango e Queijos suaves.

Onde Encontrar: Todas as redes de supermercados
Preço médio: R$16,00
| | Comments: (0)

Nariz valioso

Você sabia que Robert Parker, o mais famoso crítico de vinho do mundo, fez um seguro milionário para o seu nariz?
| | Comments: (0)

EXPOVINIS

EXPOVINIS BRASIL 2010 - 14 SALÃO INTERNACIONAL DO VINHO

QUANDO? DE 27 A 29 DE ABRIL 2010
ONDE? EXPO CENTER NORTE - PAVILHÃO VERMELHO

ENDEREÇO - RUA JOSÉ BERNARDO PINTO, 333 - VILA GUILHERME - SÃO PAULO/SP

PARA SABER MAIS:
www.expovinis.com.br
| | Comments: (3)

Baco

Bem-vindo ao maravilhoso mundo de Baco.



(Foto: Ilustração de Parreira)