| |

Vinhos Fortificados

Vinhos com 15% de álcool ou mais, usualmente são feitos adicionando-se conhaque ou álcool. Fortificam-se certos vinhos com mais álcool para ajudá-los a viajar bem.
Há duzentos, trezentos anos, ninguém gostava muito do vinho do porto, tido como um tinto bruto do vale do Douro. A adição de conhaque ao vinho em fermentação para interromper o processo (as leveduras não conseguem sobreviver quando o teor de álcool é muito alto ) tornou o vinho alcoólico e deliciosamente doce - e assim ele ficou.
O xerez é diferente: aqui o conhaque é adicionado após o término da fermentação, de modo que o vinho é seco. No barril, o xerez desenvolve uma camada de levedura chamada flor, responsável pelo seu sabor pungente, quase azedo, típico. O xerez doce é adoçado antes do engarrafamento.


Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno - Oz Clarke

0 comentários:

Postar um comentário