| |

Famílias dos aromas


Os aromas de um vinho podem pertencer a três principais famílias:

1 - A dos aromas primários, advindos da planta (notas frutadas, vegetais, florais e minerais).
2 - A dos aromas secundários, provenientes do processo de elaboração (fermentação, cantina, baunilha, tostados, coco, carvalho).
3 - A dos aromas terciários, que surge com o envelhecimento em garrafa (caramelo, húmus, nozes, amêndoas, champignons, notas animais, como couro cru e curtido, peles).

Fonte - Coleção Folha - O mundo do vinho - Livro 4
Foto - Revista Menu

1 comentários:

Mario Trano disse...

Boa noite Leonor,

Obrigado mais uma vez pelos seus elogios ao meu blog Mondovinho. Vindo de uma pessoa competente como você, fico duplamente satisfeito.
Eu também gosto muito dos seus posts: essenciais, bem diretos ao ponto, e ao mesmo tempo interessantes e instrutivos.
Grande abraço!
Mario

Postar um comentário