| |

Vin Santo


Os vinhos santos italianos, feitos com uvas quase sempre moscatéis passificadas, têm características mais oxidadas, mais queimadas, de aroma e sabor do que seus congêneres feitos com uvas simplesmente maduras. A combinação tradicional com os biscoitos duros de amêndoas assados duas vezes, os cantucci (hum! deu vontade de experimentar), é insuperável.
O Vin Santo também vai bem com frutas secas, avelãs, nozes e amêndoas, castanhas assadas, bolos mais secos e pães doces, especialmente os feitos com frutas secas, como os panetones. É muito recomendado para as festas de Natal e Ano-Novo no Brasil, em que esses petiscos são presença obrigatória.

Fonte/Foto - Coleção Folha - O mundo do vinho - Livro 2

2 comentários:

Mario Trano disse...

Agora fica só na Itália hein?!? Que beleza...e que saudade!
Grande abraço!

Leonor disse...

A cultura do vinho da Itália é riquíssima e assunto para o blog é o que não falta...aí você aproveita e mata a saudade...abraços.

Postar um comentário