| |

A história do Châteauneuf - du - Pape

A meio caminho entre Avignon e Orange, na margem esquerda do rio Ródano (Rhône) está a cidade de Châteauneuf-du-Pape (França), sede do mítico castelo papal. Essa AOC compreende treis mil hectares de terreno relativamente plano em várias altitudes. A maioria dos vinhedos é coberta de pedras relativamente grandes, chamadas de "ovos de pata". O terreno pedregoso teria sido o leito do rio Rhône. Os pedregulhos retém o calor do dia e aquece as vinhas durante a noite, provocando boa maturação das uvas. O resultado é um vinho de baixa acidez e macio. O solo é profundo e as raízes da videira tem de descer para buscar nutrientes, o que acrescenta ao líquido riqueza de aromas e sabores. São 13 as variedades de uvas permitidas para a elaboração deste vinho, porém, o total pode chegar a 15.

Nota - Ainda não tive o prazer de experimentar este vinho.

Fonte / Foto - Revista Adega

0 comentários:

Postar um comentário