| | Comments: (2)

Virgo - um vinho com rótulo destacável


Virgo é o novo vinho da bodega Herdade da Torre do Frade. Tinto da colheita 2010, elaborado com as variedades Syrah, Trincadeira, Alicante Bouschet e Aragonês, na região de Monforte, no norte Alentejano. É um vinho direcionado a consumidores jovens. Permite destacar parte do rótulo para guardar ou personalizar com qualquer desenho ou mensagem, eternizando um momento especial. Bastante interessante, não? Pena que não esteja à venda no Brasil.

Fonte / Foto - Revista Wine
| | Comments: (0)

Icewine & Brandy


Este vinho de sobremesa é uma delicada mistura do Vidal Icewine tradicional (vide post no blog - marcador: tipos de vinho) e aguardente. É suave ao paladar, com notas de frutas tropicais do Icewine, complementados pelo calor do aguardente no acabamento (17% de álcool). Pode ser bebido sozinho (antes e após as refeições) ou acompanhando sobremesa. Foi uma grata surpresa e adorei bebê-lo sozinho.

Nota - Este vinho foi comprado no Canadá por $19,99
| | Comments: (0)

Espumante para celebrar

Fim de ano, calor, festas...ufa! só mesmo aquele espumante bem gelado para refrescar e melhor ainda se for bem brasileiro - refrescantes, equilibrados, aromáticos - a cara do nosso clima. Abaixo, uma relação de 10 espumantes nacional, escolha o seu e celebre a vida...bom demais!

1 - Casa Valduga Reserva Brut - Com Chardonnay e Pinot Noir - R$48,00
2 - Dal Pizzol - Com Chardonnay, Pinot Noir e Riesling - R$45,00
3 - Miolo Cuvée Tradition Brut - Com Chardonnay e Pinot Noir - R$25,00
4 - Salton Reserva Ouro - Com Chardonnay, Pinot Noir e Riesling - R$27,00
5 - Pizzato - Com Chardonnay e Pinot Noir - R$45,00
6 - Fausto Pizzato - Com Chardonnay e Pinot Noir - R$34,00
7 - Chandon Réserve - Com Chardonnay, Pinot Noir e Riesling Itálico - R$55,00
8 - Salton Poética - 100% Pinot Noir - R$28,00
9 - Dal Pizzol Do Lugar Moscatel - 100% Moscatel - R$30,00
10 - Miolo Terranova Moscatel - 100% Moscatel - R$25,00

| | Comments: (0)

Marraso Roble Malbec 2008


Dando uma passadinha no Pão de Açúcar resolvi comprar este Marraso para experimentar. É produzido pela bodega Codorníu na região de Mendoza, Argentina. Elaborado 100% Malbec. É um vinho aromático, frutado e de taninos macios. Enfim, um vinho para o dia a dia. Ideal para acompanhar pizza, massas, queijos e carnes.

Preço - R$27,00
| | Comments: (0)

Torrontés - Uva Emblemática Argentina

A uva Torrontés é originária da Galícia, onde hoje é pouco encontrada; foi transplantada para a Argentina. Nesse país é a variedade branca mais cultivada. Ao menos três variações são conhecidas: Torrontés Riojano (a mais plantada e mais aromática), Torrontés Sanjuanino (um meio termo) e Torrontés Mendocino (menos aromática). Origina brancos aromáticos, frutados e refrescantes. Combina muito com o nosso clima, não deixe de degustá-lo no verão, é uma grande pedida.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados - José Osvaldo A. do Amarante.
| | Comments: (0)

Descritores aromáticos do vinho


Aroma do vinho, palavra mágica usada por todos os amantes da bebida de Baco. Para identificá-los é necessário muito estudo e muita prática (degustação). Os aromas de um vinho podem pertencer a três principais famílias:
1 - A dos aromas primários, advindos da planta (notas frutadas, vegetais, florais e minerais).
2 - A dos aromas secundários, provenientes do processo de elaboração (fermentação, cantina, baunilha, tostados, coco, carvalho).
3 - A dos aromas terciários, que surge com o envelhecimento em garrafa (caramelo, húmus, nozes, amêndoas, champignons, notas animais, como couro cru e curtido, peles).
Abaixo uma relação de palavrinhas mágicas muito utilizadas em degustações, juro que um dia eu chego lá!
Abacaxi, Ameixa, Amoras, Aspargos, Avelã, Azeitonas, Banana, Baunilha, Beterraba, Café, Canela, Carvalho, Cassis, Castanhas, Cerejas, Chocolate, Coco, Cogumelo, Couro, Damasco, Defumado, Ervas, Especiarias, Eucalipto, Figos Secos, Folhas Secas, Flores Brancas, Framboesa, Laranja, Limão, Maçã Verde, Mel, Menta, Minerais, Morango, Nozes, Pão Tostado, Pimenta, Pimentão, Pimenta-do-Reino, Rosa, Tabaco, Trufas, Violetas.

Fonte/Foto - Revista Adega
| | Comments: (0)

Club des Sommeliers C. Sauvignon 2010


Club des Sommeliers é uma linha variada de vinhos e espumantes a preços acessíveis. Uma parceria do grupo Pão de Açúcar com diversos produtores do mundo. São mais de 40 vinhos recomendados pelos especialistas - são vinhos de qualidade para o dia a dia. Este Cabernet Sauvignon foi produzido na região de Stellenbosch, África do Sul. De cor vermelho rubi, aromas de frutas vermelhas maduras, macio e delicioso de beber. Vai bem com carnes, queijos e massas. Vale experimentar.

Preço - R$23,00
| | Comments: (0)

Tsantali Mavrodaphne Patras Reserve


Mais uma pérola que encontrei, desta vez no supermercado Carrefour. Um vinho Grego e de sobremesa - é um vinho fortificado (igualmente um Porto). Produzido na região de Peloponeso e elaborado 100% Mavrodaphne. Foi envelhecido por 05 anos em carvalho. De cor granada e alaranjado, aromático - notas de baunilha, caramelo, especiarias. Na boca é doce, macio e aveludado, apesar de 18% de álcool. Vale experimentar. Pode ser bebido sozinho no final da refeição ou acompanhando sobremesas. Fica a dica.

Quanto - 25,00
| | Comments: (2)

Albae Esencia Tempranillo/Cabernet 2009

Em mais uma garimpada achei este vinho e como é de costume comprei para experimentar. É produzido pela vinícola Hacienda Albae na região de La Mancha/Real Ciuda, Espanha. Elaborado com as variedades de uva Tempranillo e Cabernet Sauvignon. Foi envelhecido por 04 meses em barricas de carvalho francês, o que lhe confere um leve toque de baunilha. É de cor vermelho intenso, aromático, frutado e elegante. Pode ser bebido sozinho ou acompanhando comidas leves.

Onde - Mercado Municipal / SP
Quanto - R$27,00
| | Comments: (0)

Salton Volpi Merlot 2008


A minha dica de hoje é este belo vinho produzido pela vinícola Salton, em Bento Gonçalves, RS. Elaborado 100% Merlot, é um vinho de cor roxo intenso, aromas de frutas vermelhas, intenso, saboroso e de taninos macios. Foi envelhecido em barricas de carvalho francês e americano 50/50 e depois de engarrafado estagiou por 6 meses na garrafa. Um belíssimo custo-benefício. Vai bem com carne vermelha, massas e queijos. Valeu!

Onde - Supermercado Pão de Açúcar
Quanto - R$29,00
| | Comments: (0)

Finca La Daniela Cabernet Sauvignon 2008

Numa ida ao Mercado Municipal encontrei este vinho e resolvi comprar para experimentar. É produzido pela bodega Finca La Daniela, que está localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, na região de Luján de Cuyo, Argentina. Pesquisando sobre o vinho descobri coisas interessantes : os vinhedos são regados com água do degelo e as uvas são colhidas somente entre a segunda e a quarta semana de março, conferindo corpo, aromas intensos e alto índice de polifenóis. É um vinho premiado, foi eleito pela revista Gula Campeão em sua faixa de preço. E foi também escolhido pelo guia Quatro Rodas de 2008 para fazer parte da lista dos 78 melhores vinhos degustados no Chile e na Argentina. Grata surpresa! É um vinho de cor vermelho intenso, aromático, enche a boca de frutas, taninos sedosos, enfim, tudo na medida certa. Imperdível! Sem contar que é um belo custo-benefício, paguei por ele somente R$28,00. Grande dica!
| | Comments: (0)

Don Pascual Tannat 2010


Vinho produzido pela bodega Don Pascual, localizada na região de Juanicó, próxima a cidade portuária de Montevidéu, capital do Uruguai. Vale ressaltar que Don Pascual é a marca mais respeitada do Uruguai, produzindo uma gama de vinhos de alta qualidade. Este faz parte da linha básica, é um vinho simples para o dia a dia. Sobre o vinho - de cor vermelho rubi, aroma de ameixa preta, taninos sedosos e saboroso. Vai bem com carnes vermelhas. Não decepciona.

Onde - Supermercado Pão de Açúcar
Quanto - R$24,00
| | Comments: (0)

Uva Tannat - a queridinha do Uruguai

A uva Tannat de origem francesa - principal componente dos tintos da AOC Madiran, tornou-se a queridinha do Uruguai, se tornando a uva mais plantada na região, ocupando cerca de um terço dos seus vinhedos. Fornece vinhos muito escuros, quase pretos, muito tânicos (daí a origem de seu nome) quando jovens, concentrados e com ótimo poder de envelhecimento. Para melhorar a sua adstringência, costuma ser cortada, no Uruguai com a Merlot. Encontrada também na Serra Gaúcha/RS, onde tem produzido tintos mesclados com a Cabernet Sauvignon, dando maior estrutura ao conjunto.
| | Comments: (2)

Torresella Pinot Grigio 2010


Bom, para este calor que está fazendo em Sampa, um vinho branco casa perfeitamente. A escolha de hoje foi este branco produzido pela bodega Torresella, na região de Veneto, Itália. Elaborado 100% com a casta Pinot Grigio, resultando em um vinho leve, aromático, refrescante e delicioso de beber. Pode ser tomado sozinho ou acompanhando comidas leves.

Onde - Supermercado Pão de Acúcar
Quanto - R$33,00
| | Comments: (0)

Tsantali Nemea Agiorgitiko Reserve 2006


Bem, em mais uma garimpada achei este vinho grego no Carrefour, resolvi comprar para experimentar. Produzido pela bodega Tsantali na região de Nemea, Grécia. É elaborado 100% com a casta Agiorgitiko. Sobre o vinho - cor vermelho brilhante, aromático, saboroso e de taninos maduros - 30% foi envelhecido em carvalho por 01 ano - enfim, um vinho diferente e exótico. Valeu a escolha!

Onde - Supermercado Carrefour
Quanto - R$26,00
| | Comments: (0)

Almadén Cabernet Sauvignon Rosé 2010


Está com calor? Eis uma boa indicação, sem contar que é um belo custo-benefício. Produzido pela Miolo Wine Group na Campanha Gaúcha, RS. Elaborado 100% Cabernet Sauvignon, é um rosé de cor vibrante. Aromas de morangos e cerejas frescas. É refrescante e agradável. Prove este descomplicado rosé sozinho ou acompanhando uma comidinha leve.

Onde - Grandes redes de supermercados
Quanto - R$15,00
| | Comments: (0)

Sta Luz Gran Reserva C. Sauvignon 2009

Este vinho é produzido pela bodega Santa Luz no Vale do Colchagua, Chile. Elaborado 100% com a variedade de uva Cabernet Sauvignon. Tem coloração vermelho rubi, aromas de frutas negras; é encorpado, de taninos macios e um toque de madeira - foi envelhecido por 12 meses em carvalho.
Eis um belo custo-benefício. Vai bem com carnes vermelha, massas com molho vermelho, pizza e muito mais.

Onde - Supermercado Pão de Açúcar
Quanto - R$32,00
| | Comments: (0)

Embalagem de vinho como luminária

A equipe de designers da empresa taiwanesa MiniWiz desenvolveu uma embalagem para vinhos prática e multifuncional. Chamado de RE-Wine, o compartimento foi desenvolvido considerando o conceito dos 3 R´s : reduzir, reutilizar e reciclar. Após ser usada para embalar de maneira elegante uma garrafa de vinho, a RE-Wine pode ser usada como luminária, um abajur ou como peças usadas na construção de mobílias. Os designers atentaram às questões estéticas para que a embalagem não comprometa o visual, seja qual for a sua utilização. O RE-Wine já vem equipado com um soquete para o encaixe da lâmpada. Caso o usuário queira usá-lo como um abajur de mesa, basta aproveitar também a garrafa de vinho vazia , que servirá como suporte para a luminária. Vale lembrar que a estrutura da embalagem foi feita a partir de materiais reciclados.

Fonte/Foto - Revista Exame
| | Comments: (0)

Finca Flichman Merlot Roble 2010

Mais um custo-benefício, um vinho para o dia a dia. Produzido pela bodega Finca Flichman na região de Mendoza, Argentina. Elaborado 100% com a variedade Merlot. É um vinho aromático e saboroso. Taninos presentes - o mesmo foi envelhecido por 03 meses em barricas de carvalho. Bom para acompanhar massas com molho vermelho e carnes suculentas.

Onde - Supermercado Pão de Açúcar
Quanto - R$25,00
| | Comments: (2)

Mallee Point Shiraz 2009


Dei uma passadinha no Pão de Açúcar hoje e resolvi comprar este vinho para experimentar e valeu a escolha. Produzido pela bodega Cosella Wines, na South Eastern Austrália. Elaborado 100% com a variedade Shiraz. É de cor vermelho rubi-intenso, frutado (enche a boca de frutas vermelhas), aromático e de taninos suaves. Vai bem com carne vermelha, massas, pizza e grelhados.

Quanto - R$30,00

| | Comments: (2)

Cornellana Reserva Chardonnay 2009


Dando uma passadinha pelo Pão de Açúcar encontrei este vinho e comprei para matar o calor deste sabadão e valeu a escolha. Produzido pela Viña La Rosa, na região de Cachapoal Valley, Chile. É elaborado 100% com a variedade de uva Chardonnay. Ideal para os dias quentes de verão. Um vinho de coloração amarelo palha, aromático, fresco, leve e de acidez na medida. Um belo custo-benefício.

Quanto - R$25,00


| | Comments: (0)

Uva Furmint


Variedade emblemática húngara, associada ao melhor produto vinícola do país, os grandes vinhos
de sobremesa de Tokay ou Tokaji. Comporta-se da mesma forma que a Sémillon para Sauternes,
contribuindo com cerca de 70% da mescla, além de também ser propícia a botritização. Tanto na
Hungria quanto em outras regiões da Europa oriental, existem em versão de branco seco, contudo
sem a nobreza dos adocicados.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados (José Osvaldo A. do Amarante).





| | Comments: (0)

Colonia Las Liebres Bonarda 2009


Este é mais um achado, um belo custo-benefício. Produzido pela bodega Altos Las Hormigas na região de Mendoza, Argentina. Elaborado 100% com a variedade de uva Bonarda. É de cor vermelho rubi intenso, aromático e saboroso. Apesar de não ter passagem por madeira, é intenso e concentrado. Recebeu 89 pontos de Robert Parker quando considerou ser um vinho "Altamente expressivo" e 87 pontos da Wine Spectator. Vai bem com diversos pratos - massas, grelhados, carnes. Valeu!

Quanto - R$34,00
Onde - Maison des Caves - Shopping Paulista
| | Comments: (0)

Grandjó Douro 2007

Em uma garimpada encontrei este vinho (não conhecia) e fiquei curiosa, então resolvi comprar para experimentar e juro, não me arrependi - é um vinho interessante. É produzido pela Real Companhia Velha. Elaborado com as variedades de uva Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca e Touriga Nacional. De cor vermelho rubi intenso, é aromático, frutado, de taninos macios e acidez na medida. É um belo custo-benefício. Ideal para acompanhar carne vermelha e massas com molho vermelho.

Onde - Supermercado Walmart
Quanto - R$40,00
| | Comments: (0)

Uva Grenache


A Grenache não é uma uva francesa, mas sim espanhola. É a casta escura mais plantada do planeta e também da Espanha. É rainha na região do Priorato (Espanha), como no L´ermita de Alvaro Palacios. Participa majoritariamente no corte do Châteauneuf-du-Pape(França) - vinhos concentrados, moderadamente taninosos e com incrível sedosidade. Esta casta é também cultivada na Itália, Califórnia e Austrália.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados ( José Osvaldo A. do Amarante)
| | Comments: (0)

Pata Negra Tempranillo/C. Sauvignon 2008


Eis mais uma dica de um custo-benefício, produzido na região de Valdepeñas, Castila la Mancha, Espanha. Elaborado com as variedades de uva Tempranillo (80%) e Cabernet Sauvignon (20%). Foi envelhecido por 06 meses em barricas de carvalho francês e americano. É um vinho rico em aromas de frutas vermelhas, de cor vermelho rubi limpo e brilhante. Taninos na medida e muito agradável. Bom para acompanhar carnes vermelhas e brancas.

Onde - Grandes redes de supermercados
Preço médio - R$35,00
| | Comments: (0)

O vinho e as estações do ano

Bem, se você é amante de vinho e tem uma preferência de clima, escolha a sua estação e desvende o mundo maravilhoso de Baco ou aproveite todas as estações.

1 - Primavera - Traz a volúpia dos vinhos rosés, com sua coloração fascinante e sedutora que antecipa as cálidas tardes e o lento brotar das plantas.

2 - Verão - Pede a refrescância dos espumantes, brancos e tintos leves. São os vinhos desta estação os cítricos brancos de Sauvignon Blanc, os perfumados, Viogner e Gewustraminer, os doces Moscatéis, e dentre os tintos leves temos a elegante Pinot Noir, as alegres Barbera e Bonarda, as clássicas Cabernet Franc e Sangiovese, sem falar as instigantes Pinotage e Gamay.

3 - Outono - Permite manter a refrescância dos espumantes e vinhos brancos, e complementa com o conforto dos tintos de médio corpo como os elaborados com Malbec, Merlot ou Carménère.

4 - Inverno - Abre as portas para os brancos encorpados e amadeirados como os elaborados com Chardonnay e Semillon, ou os tintos robustos feitos com as italianas Nebiollo, Nerello Mascalese ou as francesas Cabernet Sauvignon, Petit Verdot e Tannat, e mesmo as rústicas e intrigantes Baga e Alicante Bouchet que fazem vinhos deliciosos em Portugal.

Fonte - Revista Bem + Osasco/jun-jul 2011
| | Comments: (0)

Uva Syrah ou Shiraz

Casta francesa de qualidade, que descortina toda a sua majestade no seu nativo Rhône, com as classudas AOCs Hermitage e Côte Rôtie. Sob a denominação de Shiraz, essa uva tem tido recentemente grande ascensão de demanda dos consumidores, com tintos de ótima relação qualidade-preço surgidos na Austrália. Porém, esse fenômeno iniciou-se com o surgimento do Penfolds Grange Shiraz, o mais famoso vinho desse país, um dos grandes tintos do planeta ( post no blog / marcador: Sonho de consumo ). Seus vinhos são coloridos, com aromas de frutas vermelhas. No palato tem boa tanicidade, sendo encorpado e com alta concentração de frutas maduras.

Nota - Outras regiões onde ela é plantada - França, Itália, Espanha, Portugal, Califórnia, Canadá, Argentina, Chile, Uruguai, Nova Zelândia, África do Sul e Brasil.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados (José Osvaldo A. do Amarante)
| | Comments: (0)

Geléia Extra de Cabernet Sauvignon


Esta geléia faz parte da linha Geléia Gourmet, produzida pela Casa de Madeira - grife do grupo Famiglia Valduga Co. - no Vale dos Vinhedos. Com sabor único e especial, esta geléia é preparada através de um Cabernet Sauvignon com passagem por barricas francesas. Obtida através de concentração, a Geléia Extra de Cabernet Sauvignon consiste em manter todas as qualidades e tipicidades aromáticas e gustativas deste nobre vinho em uma Geléia Gourmet. Compõe ainda esta linha: Mirtilo, Malbec, Physalis com Maçã e Morango com Pimenta. São perfeitas para o preparo de pratos mais elaborados. Deliciosa!

Nota - Para obter a classificação de geléia tipo extra, são necessários 50% de vinho e 50% de açúcar, sem adição de conservantes.
Onde comprar - Mercado Municipal ( Casa Irmãos Borges )
Quanto - R$12,00
| | Comments: (0)

Bleasdale Langhorne Crossing Red 2008

Em uma das minhas andanças encontrei este vinho, não resistir e comprei. Produzido na região de Langhorne Creek , Austrália. É elaborado com 04 variedades de uva - Cabernet Sauvignon (52%), Malbec (27%), Shiraz (15%) e Petit Verdot (6%). Foi envelhecido por 15 meses em barricas de carvalho americano, o que lhe confere toques de baunilha. É de cor vermelho rubi, aromas de frutas vermelhas maduras e especiarias, na boca é persistente, de final longo e agradável. Taninos na medida. Ideal para acompanhar uma carne vermelha suculenta e massas com molho vermelho. Valeu a compra, adorei!!!

Onde - Supermercado Pão de Açúcar
Quanto - R$40,00
| | Comments: (0)

Vinhos chilenos imperdíveis


Eis uma relação de vinhos chilenos imperdíveis, segundo o especialista Arthur Azevedo ( Médico e Enólogo ), publicado hoje (01/09) no jornal Folha de São Paulo. Eu particularmente ainda não tive o prazer de experimentá-los, quem sabe um dia!

1 - Almaviva (2007) - tenho uma garrafa ano 2005
2 - MontGras Ninquén (2008)
3 - Errazuriz Kai Carmenére (2007)
4 - De Martino Limávida Single Vineyard (2006)
5 - Santa Carolina Herência Carmenére (2007)
6 - Ventisquero Pangea Syrah (2007)
7 - Montes Folly Syrah (2007)
8 - Erasmo La Reserva de Caliboro (2006/2007)
9 - Viña Concha y Toro Don Melchor (2007)
10 - Viu Manent Viu 1 (2005)
11 - Cono Sur Pinot Noir 20 Barrels (2007)
12 - Lafken Garage Wine (2007)
13 - Santa Rita Casa Real (2007)
14 - San Pedro Cabo de Hornos (2007)
15 - Odfjell Aliara (2007)
16 - Valdivieso Caballo Loco 11
| | Comments: (0)

Vinho e Pilates



Como uma grande amante de Vinho e do método Pilates e em mais uma das minhas pesquisas na internet, encontrei esta aula de Pilates especial para os amantes do Vinho e achei bastante interessante. Curtam, só não tentem executar!
| | Comments: (0)

Uva Cabernet Franc

Cepa de alta qualidade que forma com a Cabernet Sauvignon e a Merlot o trio de ouro de Bordeaux. Ela é mais importante na AOC Saint-Emilion, onde complementa a Merlot e em alguns casos chega a ser majoritária , como no excepcional Château Cheval-Blanc. Já nas zonas de Pomerol e Médoc-Graves, ela é suplementar à Merlot e à Cabernet Sauvignon, respectivamente. Os seus vinhos têm muita similaridade com os de Cabernet Sauvignon, tendo contudo menos cor, taninos, concentração e acidez. Presta-se melhor que a sua "filha" - a Cabernet Sauvignon - para a elaboração de vinhos frutados sem estágio em madeira.

Nota - Demais regiões com plantações - França (Loire), Itália, Califórnia, Canadá, Chile, Uruguai, Austrália, Nova Zelândia, Àfrica do Sul e Brasil.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados (José Osvaldo A. do Amarante)
| | Comments: (0)

Gato Negro Carménère 2010


Um bom custo-benefício, para ser bebido em todos os momentos, com ou sem acompanhamento. É produzido pela bodega San Pedro na região do Valle Central, Chile. Aromático, sabor aveludado, final de boca agradável. Valeu!

Onde - Grandes redes de supermercados
Preço médio - R$23,00 (comprei numa promoção do Carrefour por R$9,90)
| | Comments: (0)

Uva Sauvignon Blanc

Cultivar branco francês de alta qualidade, com dois posicionamentos. Em Bordeuax, normalmente age como fruto complementar da nobre Sémillon, nos incríveis Pessac-Léognan e Sauternes. No Loire ela brilha sozinha nos Sancesse Blanc e Pouilly-Fumé. Esses brancos, quando varietais, são pálidos, leves, com acidez pronunciada, muito aromáticos e refrescantes. Alguns preferem a sua versão amadeirada, chamada pelos californianos de Fumé Blanc.

Nota - Demais regiões de disseminação: Itália, Espanha, Áustria, Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile, Uruguai, Austrália, Nova Zelândia, África do Sul e Brasil.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados (José Osvaldo A. do Amarante)
| | Comments: (0)

Uva Nebbiolo

A melhor tinta nativa da Itália. Procedente do noroeste italiano, atinge o clímax no sul do Piemonte, onde é responsável pelas DOCGs (Denominação de Origem Controlada e Garantida) Barolo e Barbaresco. Está presente também no norte do Piemonte e no vizinho norte da Lombardia. Seus vinhos são avermelhados e com paladar marcante e diferenciado: encorpados, alcoólicos, muito tânicos e ácidos, demandando vários anos de guarda para atingir o topo de qualidade. O buquê é o seu ponto forte, sendo extremamente rico, complexo, com reminiscência de violeta, alcatrão, trufas e outras especiarias.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados (José Osvaldo A. do Amarante)
| | Comments: (0)

Casillero del Diablo R. Pinot Noir 2009


Este vinho é produzido pela bodega Concha Y Toro, no Valle Central, Chile. Elaborado 100% com a variedade Pinot Noir. De cor vermelho rubi brilhante, aromas de frutas vermelhas, tem médio corpo, é macio e de taninos sedosos. Vale ressaltar que 70% deste vinho foi envelhecido em barricas de carvalho americano por 08 meses. Ideal para acompanhar massas com molho leve e grelhados. Valeu!!!

Preço - R$30,00
Onde - Grandes redes de supermercados
| | Comments: (0)

Dal Pizzol Do Lugar Brut


Este espumante é produzido pela vinícola Dal Pizzol na região de Bento Gonçalves, RS. Elaborado com as variedades de uva Chardonnay e Pinot Noir pelo método Charmat. Sobre o espumante - de coloração amarelo palha com reflexos esverdeados. Aromas complexos proveniente do vinho base; é refrescante, suave e bastante equilibrado. Forma pequenas borbulhas, espuma abundante e duradoura. Adorei!

Nota - Pelo método Charmat é elaborado o espumante moscatel - de apenas uma fermentação. Os espumantes Extra-Brut, Brut, Seco e Demi-Sec são elaborados com duas fermentações.
| | Comments: (0)

A escolha da taça


Para que um vinho seja perfeitamente apreciado, ele deve ser sorvido em um copo com formato e tamanho adequados, que realce todas as qualidades visuais, olfativas, gustativas e táteis da bebida. O copo recomendado para beber vinho é uma taça preferencialmente de cristal ou de vidro o mais fino possível e de transparência absoluta. As paredes finas e o acabamento bem polido fazem os lábios ter um agradável contato tátil e sentir melhor a temperatura do vinho, não do copo. Deve-se evitar o uso de taças coloridas, pois não permitem apreciar convenientemente a cor do vinho. A taça precisa também ter uma haste com pé para que não seja segurada pelo bojo, o que aqueceria o vinho.

Fonte - Os segredos do vinho para iniciantes e iniciados ( José Osvaldo A. do Amarante ).

| | Comments: (2)

Uva Riesling

A Riesling não é uma uva de que todos gostam imediatamente, mas tem uma fineza inegável. A penetrante acidez é a característica reconhecível em estilos que vão do muito seco ao ricamente doce, com sabores que abrangem maçã e lima até pêssegos e mel. A Riesling é a uva dos maiores vinhos alemães. Na região do Mosel ela produz a maior parte dos vinhos leves, florais. Os Rieslings de Rheingau geralmente são mais ricos, mais frutados e temperados. Na França, a Alsácia faz um Riesling mais alcoólico, seco e temperado. O Australiano tem um aroma revigorante de lima que fica torrado com a idade. Demais países produzem Riesling, mas a Alemanha, a Alsácia e a Austrália definiram os estilos principais.

Nota - Não confundir com Laski Rizling, Olasz Rizling, Riesling Itálico ou Welschriesling.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke).
| | Comments: (0)

Vinho de safra

É uma expressão que sugere um bom estilo de vida: beber vinho de safra é muito, mas muito mais elegante do que beber simplesmente vinho. Vinho de safra é nada mais que vinho de um determinado ano: a safra é o nome da colheita anual de uvas. Se o vinho tem uma data na garrafa informando quando foi produzido, é de safra. A maioria dos champanhes e de outros espumantes não tem safra, porque são compostos de vinhos de dois ou mais anos. Misturar diversos anos garante a consistência de sabor e de estilo.

Nota - A maioria dos vinhos é de safra.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke).
| | Comments: (0)

Los Vascos C. Sauvignon 2010

Los Vascos é uma vinícola tradicional do Chile. Em 1988 foi adquirida pelo Domaines Barons de Rothschild (Lafite), que iniciou um intenso programa de modernização e investimentos. O vinhedo de 560 hectares está localizado no Vale de Cañeten na província de Colchagua. Sobre o vinho - É tipicamente bordalês, rico em aromas de frutas negras. Na boca é intenso e equilibrado. A passagem por carvalho lhe confere notas de baunilha e chocolate. Ideal para acompanhar carnes vermelhas ou uma boa massa com molho vermelho.

Preço - R$32,00
Onde - Mercado Municipal/SP
| | Comments: (0)

Os blocos de construção do vinho

Vinho - elementos básicos em comum:

Ácido e açúcar - Estão presentes no sumo da uva. O açúcar transforma-se em álcool durante a fermentação, mas parte pode permanecer açúcar. Quando em excesso, o vinho é doce. O ácido é desagradável e agressivo, mas quando presente na proporção correta torna o vinho intenso e refrescante. Todos os vinhos contém ácido, exatamente como as frutas.

Tanino - Vem das cascas, talos e sementes da uva. É o componente dos vinhos tintos que mancha os dentes e seca o boca, mas na quantidade correta pode fazer maravilhas com o sabor e a textura do vinho. Os vinhos brancos não têm níveis notáveis de tanino. Ambos, tanino e ácido, têm o benefício adicional de agir como conservantes, e vinhos com altos teores de qualquer um deles ( ou de ambos ) podem durar muitos anos na garrafa.

Álcool - A razão por que muitos de nós começamos a beber vinho, não está presente só para nos animar. O álcool equilibra outros sabores, por exemplo, suaviza o ácido e contribui para a intensidade da experiência do vinho na boca. Sem ele seria como beber suco de uva.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke)
| | Comments: (0)

Vinho em forma de poema

"O vinho molha e tempera os espíritos e acalma as preocupações da mente...ele reaviva nossas alegrias e é o óleo para a chama da vida que se apaga. Se você bebe moderadamente em pequenos goles de cada vez, o vinho gotejará em seus pulmões como o mais doce orvalho da manhã...Assim, então, o vinho não viola a razão, mas sim nos convida gentilmente a uma agradável alegria".´(Sócrates)
| | Comments: (0)

Os piores inimigos do vinho

Alcachofras, pimentas, ostras, molhos apimentados e avinagrados, amendoim salgado e chocolate podem amortecer o sabor do vinho. Se quiser beber vinho com esses alimentos, a regra é evitar os tintos muito taninosos e preferir os jovens suculentos; ou então brancos frutados e de fresca acidez.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke)

| | Comments: (0)

Sobra de vinho

Você pode guardar o vinho que sobrou vários dias sem que ele perca muito do sabor. Basta retardar os efeitos da oxidação. A maneira mais simples é fechar a garrafa novamente e colocá-la na geladeira, ou você pode comprar equipamentos especiais que retiram o ar e criam vácuo parcial, ou que injetam um gás inerte denso. Há tampas especiais para vinhos espumantes, mas você também pode usar uma rolha convencional. De qualquer modo, mantenha o vinho bem refrigerado. Se sobrarem duas garrafas do mesmo vinho, coloque o conteúdo de ambas em uma só. Quanto mais cheia a garrafa estiver, mais tempo o vinho durará. O vinho branco se conserva por mais tempo que o tinto.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke)
| | Comments: (0)

Rolha quebrada


Para remover uma rolha quebrada que ainda está presa no gargalo da garrafa, incline bem o saca-rolhas e pressione o fragmento de rolha contra a parede do gargalo puxando-o para cima. Se não der certo, empurre a rolha para dentro do vinho. Talvez você encontre pedacinhos de rolha na sua taça, mas o sabor do vinho não será pior por causa disso. Se a rolha de um vinho espumante quebrar dentro da garrafa, sua única opção é recorrer a um saca-rolhas. Mas retire a rolha com muito cuidado e tente liberar lentamente o gás pressurizado da garrafa.

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke)
| | Comments: (0)

O grande Chateau d´Yquem 1811

Eis uma grande notícia: O sommelier francês Christian Vanneque entrou para a história depois de arrematar uma garrafa de vinho por cerca de US$120 mil ( vinho de sobremesa mais desejado e caro do mundo). O valor representa a mais alta cifra já desembolsada em um vinho branco. A data do vinho recordista é conhecida como o ano do cometa. A autenticidade foi comprovada por meio de testes com o vidro da garrafa e análise das cores do vinho e da etiqueta. " Avaliamos os componentes e eles são exatamente iguais (aos originais). Está numa condição impecável, o que é notável, considerando que já tem 200 anos". O comprador planeja abrir a garrafa em 2017, quando completará 50 anos de sua carreira como sommelier.




Fonte - Folha de São Paulo
| | Comments: (0)

Pinotage - Ame ou Odeie


Esta uva foi concebida e desenvolvida para atender às demandas do solo e do clima da África do Sul - resultou do cruzamento entre a Pinot Noir e a Cinsaul realizada pelo professor Peroldt em 1922. Esta uva produz vinhos com sabor de ameixa de textura áspera, até estilos frutados com sabores de banana, groselha vermelha. É um vinho que se ama ou que se odeia. E não são somente os bebedores que estão divididos: uns produtores da África do Sul o adoram, outros o odeiam. Eu amo e vc?

Fonte - Vinho - O guia fundamental para o apreciador moderno (Oz Clarke)
| | Comments: (0)

Trapiche Roble C. Sauvignon 2006

Este vinho é produzido pela bodega Trapiche, na região de Mendoza, Argentina. Elaborado 100% com a variedade de uva Cabernet Sauvignon. 80% foi envelhecido em carvalho americano e 20% em carvalho francês pelo período de 12 meses. E ainda permaneceu na garrafa pelo período de 06 meses. De cor vermelho rubi, aromas de frutas vermelhas e taninos potentes. Final longo. Bom para acompanhar uma carne vermelha suculenta. Não me decepcionou.

Onde - Supermercado Pão de Açucar
Qunto - R$38,00
| | Comments: (0)

Casillero del Diablo R. C. Sauvignon 2010


Este vinho é produzido pela bodega Concha Y Toro, no Valle Central, Chile. Elaborado 100% com a variedade Cabernet Sauvignon. De cor vermelho rubi profundo, aromas de frutas vermelhas, tem médio corpo e taninos sedosos. Vale ressaltar que 70% deste vinho foi envelhecido em barricas de carvalho americano por 08 meses. Ideal para acompanhar carnes vermelhas ou uma massa com molho vermelho. Valeu a compra!

Quanto - R$25,90 (em promoção)
Onde - Supermercado Pão de Açúcar
| | Comments: (0)

Gamay - a uva que refresca


Gamay, para todos os efeitos e propósitos, é igual a Beaujolais. Ela floresce em uma saliência das colinas de granito no sul da Borgonha. A região de Ardèche, no sul da França, tem um pouco, assim como o Vale do Loire no oeste. A Gamay produz vinhos leves, refrescantes, com sabor azedo, como o das balas de cereja e framboesa, perfeitos para os dias quentes de verão. Literalmente é uma uva para ser bebida jovem. Os vinhos de destaque produzidos com esta variedade são - Beaujolais-Villages (o melhor), Beaujolais Nouveau ou simplesmente Beaujolais. Vale salientar que no Brasil a Miolo produz um Gamay leve, refrescante e de bom custo-benefício.
| | Comments: (0)

Vinho e amizade

No banquete da vida a amizade é o pão, e o amor é o vinho ( Paolo Mantegazza ).
| | Comments: (0)

Santa Helena Reserva Carménère 2009

Hoje vou indicar um vinho produzido pela vinícola Santa Helena, vale destacar que o primeiro vinho seco que bebi foi desta bodega e a partir de então comecei a me interessar por este maravilhoso mundo de Baco e a ler bastante sobre o assunto e a cada dia tenho aprendido, afinal, nunca sabemos tudo né! Da empresa - foi fundada em 1942 e adquirida pelo grupo San Pedro em 1994. Atualmente é uma das maiores vinícolas do Vale de Colchagua, com um total de 334 hectares cultivados. Além disso possui contratos de longo prazo com os melhores vales vitivinícolas chilenos - Maipo, Elqui, Casablanca, Leyda, Cachapoal, Curicó e Maule. Do vinho - Produzido 100% com a variedade de uva Carménère, de cor vermelho rubi, aromático, frutado. O envelhecimento por 04 meses em barricas de carvalho lhe confere taninos macios. Ideal para acompanhar masssas com molho de carne e churrasco.

Onde - Grandes redes de supermercados
Preço médio - 30,00
| | Comments: (0)

Merlot - uva macia e aveludada


Vinho suculento, frutado. Os sabores de groselha preta, cereja preta e menta são sua marca registrada. A Merlot começou como complemento da Cabernet Sauvignon em Bordeaux, mas alcançou popularidade mundial. Os grandes vinhos de Pomerol e St. Émilion, em Bordeaux, compõem-se basicamente de Merlot, mas, a Cabernet também é utilizada. Os melhores Merlots de Bordeaux podem durar até 20 anos - Château Pétrus e Château le Pin, são os dois vinhos mais caros do mundo. No novo mundo, destaque para o Chile - paraíso da Merlot - produzindo vinhos vermelho-granada maravilhosos, ideais para serem bebidos jovens - e para o Brasil, que teve um Merlot premiado - Miolo Merlot Terroir 2005. Um brinde!



Nota - A Cabernet Sauvignon faz parte da composição do vinho produzido com uvas Merlot na fabricação do clássico Bordeaux tinto com sabor de groselha preta.



| | Comments: (0)

O vinho como artigo de permuta

"O Vinho é indispensável artigo de permuta para a moeda de ouro que nos falta" (Emydio Navarro, Jornalista e Político)
| | Comments: (2)

The Lost Bars Vidal Icewine

Para o almoço deste domingo (03/07) em comemoração ao meu niver (01/07) tive a coragem de abrir o meu primeiro Icewine. Este veio diretamente do Canadá, estava aguardando uma data especial para degustar esta preciosidade. Produzido pela vinícola Ganton & Larsen na região de Okanagan Valley com a variedade de uva Vidal. Da garrafinha linda de 375ml saiu um líquido dourado, límpido e aromático - flores e especiarias. Na boca, mais surpresas; sabores de mel, damasco e lichia. Equilibrado e de uma doçura muito agradável. Foi um par perfeito para a sobremesa do dia - Pudim de leite condensado. Este marcou, fiquei com uma sensação de quero muito mais. Valeu!!!

Preço - $39,99 (dólar canadense)
Nota - Não sei se é vendido no Brasil