| |

Bordeaux: qual a sua margem preferida?

Bordeaux conta com o rio Gironde, cujo estuário tem uma influência calorosa sobre o clima da região. Portanto, o vinho receberá as características da região a qual ele é proveniente.

Margem esquerda, o império da Cabernet Sauvignon: À margem esquerda do Gironde se encontram terras fantásticas para o cultivo da Cabernet Sauvignon. É o império desta cepa, embora também Merlot e Cabernet Franc sejam ali plantadas. Logo, se você aprecia vinhos de taninos pronunciados, boa acidez, com aquelas notas de especiarias, pimenta ou aroma de cassis, provavelmente a sua margem é a esquerda.
Na margem esquerda ao norte de Bordeaux tem a região do Médoc, que produz vinhos potentes com grande fineza e forte influência de Cabernet Sauvignon, complexidade e potencial de envelhecimento. Harmonizam com caça e carne vermelha.
Ao sul de Bordeaux está Graves, que produz vinhos elegantes e estruturados com excelente potencial de envelhecimento. Entre o Médoc e Graves ainda tem várias localidades que fazem belíssimos vinhos: Saint-Estéphe, Pauillac, Saint Julien, Haut-Médoc, Listrac-Médoc, Moulis, Margaux, Pessac-Leógnan. Cada uma dessas regiões produzem vinhos com tipicidade e nuances próprias - o chamado terroir.

Margem direita, o império da Merlot: À margem direita está Saint-Émilion, com as vilas de Pomerol e Fronsac que produzem belíssimos vinhos à base de Merlot com Cabernet Franc. Esta é a sua margem se você é fã de vinhos mais redondos com taninos versáteis, aromas de frutas vermelhas, cerejas. É também deste lado que está o famoso Petrus.

Fonte - Revista Alpha Report ( Set/10 )
Foto - Vinhedo em Bordeaux - França

0 comentários:

Postar um comentário