| |

O vinho do Porto - Rubies e Tawnies


O vinho do Porto é o fortificado mais famoso. Existem os brancos, a única variação em que temos o Porto seco. Famosos mesmo são os tintos, divididos em dois grupos principais: a família dos Ruby e a dos Tawny:

Rubies

1 - Porto Ruby - o mais simples e barato.
2 - Vintage - safrado, indica o ano de produção, o campeão dessa série. Os de uma só quinta(pequena propriedade) são os melhores. São feitos apenas nas melhores safras, aprovados pelo IVP (Instituto do Vinho do Porto).
3 - Late Bottled Vintage(LBV) - meio caminho entre Ruby e Tawny, fica de quatro a seis anos em barricas antes de ser engarrafado. Mas é safrado e tem cor de vinho.
4 - Vintage Caracter - na mesma linha que o LBV, sem indicar a safra.
5 - Crusted - matura em barrica por três anos e depois é engarrafado. Forma espessa borra ou crosta, crust em inglês.

Tawnies

1 - Porto Tawny - o aloirado mais simples e barato.
2 - Tawny 10, 20, 30 e 40 anos: os grandes oxidados. São feitos de mistura de vinhos de vários anos e são certificados pelo IVP(Instituto do Vinho do Porto) através de degustações, por parecer ter a idade que indicam. Soa estranho, mas é assim.
3 - Colheitas - são os oxidados de uma só safra, indicada no rótulo. Divertido é comprar um do ano de seu nascimento, sem risco: esses Portos, de tão longevos, são imortais!

Fonte - Coleção Folha - O mundo do vinho
Foto - duas-ou-tres.blogspot.com

0 comentários:

Postar um comentário