| | Comments: (0)

Finca La Linda Bonarda 2008

A dica de hoje é um interessante custo benefício. Produzido pela Bodega Luigi Bosca na região de Luján de Cuyo, Mendoza, Argentina. 100% Bonarda, uma uva italiana que se adaptou muito bem ao terroir argentino. Envelhecido por 06 meses em barricas de carvalho americano, é um vinho de cor vermelho rubi, rico em aromas de frutas vermelhas, redondo, aveludado e de taninos suaves. Vale experimentar.

Preço médio - R$35,00
Onde - Grandes redes de supermercados
| | Comments: (0)

Fleur du Cap Cabernet Sauvignon 2008



Vinho 100% Cabernet Sauvignon produzido pela vinícola Bergkelder na região de Cape Coastal, África do Sul. Bastante aromático, sedoso, taninos suaves, muito fácil de beber. Difícil perceber que tem 14% de teor alcoólico. Ideal para acompanhar carne vermelha de preparo leve e uma boa massa. Enfim, um vinho interessante. Vale experimentar.

Preço médio - R$47,00
Onde - Supermercado Pão de Açucar
| | Comments: (2)

Terrazas Reserva Syrah 2007

A minha dica de hoje é este belo vinho produzido pela bodega Terrazas de Los Andes na região de Mendoza, Argentina, onde as uvas são cultivadas a uma altitude ideal para cada variedade, permitindo o desenvolvimento da expressão máxima de aromas e sabores. As uvas para a elaboração do Terrazas Reserva Syrah provêm de vinhedos especialmente selecionados de Cruz de Piedra, Maipú, a 950 metros acima do nível do mar. Vinho de cor vermelho intenso, rico em frutas maduras, redondo e marcante na boca. Foi envelhecido por 12 meses em barricas de carvalho francês (70%) e americano (30%), o que lhe confere notas de baunilha e caramelo. Uma boa escolha.

Preço médio - R$65,00
Onde - Importadoras e grandes redes de supermercados
| | Comments: (0)

As Mistelas

Mistela é a mistura de mosto de uvas superdoces (passificadas, sobrematuradas ou botrytizadas) com álcool etílico potável. Deve ter, no mínimo, 100 gramas por litro de açucar residual, nunca sacarose adicionada. Muitos dos grandes vinhos doces do mundo são mistelas, muitos outros são parcialmente mistelas - quando, além de álcool e mosto cru, também incluem vinhos jovens que servem de suporte e de elemento de acidificação à mistura. Esses são as mistelas compostas. Málagas, Pedro Ximénez e Moscatéis de Jerez andaluzes , entre outros são mistelas compostas. Uma mistela pura é o Pineau des Charentes, do sudoeste francês.

Nota - No Brasil é produzido um vinho de sobremesa, que é uma mistela de uva Moscato Giallo, é o Reggio di Castela Mistela, produzido pela vinícola Irmãos Molon, com matriz em São Marcos (RS). Ainda não tive o prazer de experimentar, logo consiga, farei um post sobre o vinho (já premiado) e a vinícola.

Fonte - Coleção Folha - O mundo do vinho
| | Comments: (0)

Anubis Malbec 2009

Este vinho é produzido pela bodega Domínio Del Plata, no coração de Lujan de Cuyo em Mendoza, Argentina. Faz parte da linha básica desta bodega comandada por Susana Balbo (prestigioso nome da enologia argentina). Elaborado 100% com a variedade de uva Malbec, é frutado, aromático, taninos domados, de bom corpo e agradável persistência. Enfim, um vinho para o dia-a-dia. Aproveite.

Onde - Supermercado Carrefour
Quanto - R$24,90
| | Comments: (0)

Pizzato Reserva Cabernet Sauvignon 2004


Se está a procura de um vinho bom e barato, eis a minha dica. Produzido pela bodega Pizzato, localizada no Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves, RS. É um vinho frutado, equilibrado, álcool e taninos na medida. Enfim, um vinho correto e de preço justo. Vale a pena experimentar.

Onde - Empório Chiapetta - Mercado Municipal
Quanto - R$19,90 ( estava em promoção)
| | Comments: (0)

O azeite de oliva e seus estilos

Depois dos benefícios do azeite de oliva, eis um post sobre seus estilos; escolha o seu e aproveite, porém, seja moderado.

1 - Azeite de oliva virgem - obtido por processos mecânicos. Dependendo da acidez do produto obtido, este azeite pode ser classificado como sendo do tipo extra, virgem ou comum. O azeite virgem apresenta acidez máxima de 2%.
2 - Azeite de oliva refinado - produzido pela refinação do do azeite virgem, que apresenta alta acidez e incidência de defeitos a serem eliminados na refinação. Pode ser misturado com o azeite virgem.
3 - Azeite extra virgem - O azeite extra virgem não pode passar de 0,8% de acidez (em ácido oléico) e nem apresentar defeitos. O órgão que os regulamenta e define quais defeitos são catalogados é o Conselho Oleícola Internacional.
4 - Azeite de oliva comum - é obtido da mistura do azeite lampante, inadequado ao consumo, reciclado por meio de processos físico-químicos e sua mistura com azeite virgem ou extra virgem. O azeite de oliva comum não possui regulamentação.

Fonte - Revista Vinho Magazine
Foto - portaisdamoda.com.br
| | Comments: (2)

Os benefícios do azeite de oliva

O azeite de oliva possui várias substancias benéficas à saúde. Pode reduzir a quantidade de LDL (mau colesterol) do organismo, devido à sua grande quantidade de gordura monoinsaturada. Essa gordura não se transforma em colesterol. O azeite, quando consumido regularmente, reduz a possibilidade de haver formação de placas de ateroma nas paredes dos vasos sanguíneos, evitando a chance de infartos ou outros problemas e acidentes vasculares. Além disso, o azeite de oliva previne contra as oxidações biológicas porque é rico em polifenóis (que também estão no vinho), reduzindo a formação de radicais livres que provocam o envelhecimento e doenças degenerativas como o câncer, por exemplo. Cientistas observaram que os povos do Mediterrâneo têm vida mais saudável com menor nível de infarto e câncer, porque são os maiores consumidores de vinho e azeite de oliva, além de outros componentes de uma dieta saudável, como peixe e verduras.

Fonte - Revista Vinho Magazine
Foto - vinhodosanjos.wordpress.com
| | Comments: (0)

O vinho como antioxidante

Estudos têm demonstrado o poder antioxidante do vinho, por meio de seus polifenóis. O consumo moderado de vinho parece interferir na diminuição da concentração dos radicais livres, mediante vários mecanismos. Um estudo publicado pela revista Nature, liderado pelo conhecido Dr David Sinclair, demonstrou que o resveratrol, um polifenol presente em abundância no vinho, exercia sobre o fungo Saccharomyces cerevisiae os mesmos efeitos de dietas com restrição calórica, aumentando em até 80% a longevidade do fungo. É provável que o resveratrol, assim como a restrição calórica, ative as sirtuínas, enzimas que são parte de um sistema de retroalimentação que realça a sobrevivência das células em condições de estresse. Ainda que falte muito para que seja confirmado tais estudos em seres humanos, os trabalhos estatísticos nos orientam que o vinho é um aliado em nossa luta pela longevidade.

Fonte - Livro Saúde e Longevidade (Antonio Carlos do Nascimento).
| | Comments: (0)

Alabastro Reserva 2008


Eis um típico custo-benefício. Produzido pela bodega Aliança na região do Alentejo, Portugal. Elaborado com as castas Aragonez, Trincadeira e Cabernet Sauvignon. Este vinho foi envelhecido por 09 meses em barricas de carvalho francês e após o engarrafamento permaneceu por mais 06 meses em caves subterrâneas. De cor rubi profunda e aromas de frutas vermelhas. É um vinho suave, encorpado e muito fácil de beber. Acompanha grelhados, assados e massas.

Quanto - R$30,00
Onde - Supermercado Carrefour
| | Comments: (0)

Wine Weekend 2011 já tem data

Aos amantes da bebida de Baco, já saiu a data da Wine Weekend, onde será possível degustar e comprar vinhos. Sucesso absoluto em 2010: 38 expositores com cerca de dois mil diferentes rótulos de vinho e 5.400 visitantes. Expectativa de crescimento em visitação, de pelo menos 30% para a segunda edição do evento. Tudo isso no coração de São Paulo - de 18 a 21 de agosto de 2011 no Jockey Club. Para saber mais acesse: www.wineweekend.com.br

Fonte/Foto - Revista Vinho Magazine